Como escolher um bom Curso de Pilates

Onde praticar Pilates nas Mercês com qualidade
outubro 13, 2016
Pilates na terceira idade, por que praticar?
dezembro 29, 2016

3 Passos para escolher um bom curso de Pilates


É sempre um desafio. Escolher um curso de Pilates ou qualquer outro curso técnico exige pesquisa, indicação e também conhecimento. Difícil no entanto, é ter esse conhecimento antes de entrar na área que se almeja. Nesse post, falaremos um pouco sobre três pontos importantes na hora de escolher um curso de Pilates adequado às suas necessidades.

#1. O ministrante do curso de Pilates

 

curso de Pilates

Tão óbvio quanto negligenciado, estar atento ao ministrante do curso de Pilates é ponto importante na hora da escolha de uma boa escola de formação. As indicações contam muito nessa hora, o famoso “boca-a-boca” que faz a diferença. Porém, além disso é importante ter o conhecimento relacionado a formação do instrutor. Clique aqui e conheça um pouco da trajetória de nosso coordenador de cursos da mobilize Pilates.

Além da capacitação profissional, é fundamental saber sobre a PRÁTICA de aula do ministrante. Visto que a formação é de instrutores, é totalmente indispensável que o ministrante tenha vasta experiencia como instrutor. Isso permitirá que a condução do curso seja focada na aplicação prática para o dia-a-dia de quem realiza o curso.

#2. Curso de Pilates com número reduzido de participantes

curso de Pilates

 

Para um aumento de produtividade e foco, é importante considerar o número máximo de alunos permitidos por turma. Muitas vezes um grande número de alunos (acima de 8) pode tornar o curso de Pilates menos produtivo. Isso faz com que não haja tanto espaço para troca de experiências e tira-dúvidas. As dúvidas são comuns quando se busca conhecer uma nova área de atuação. No mobilize Pilates, os cursos de Pilates são ministrados com um mínimo de quatro e um máximo de seis participantes, garantindo dessa forma que o tempo seja bem aproveitado e a atmosfera de cooperação e troca seja constante.

#3. Um bom curso de Pilates tem Disponibilidade para estágio e prática

curso de Pilates

 

O foco do curso precisa ser mais DIDÁTICO do que no repertório em si. Cursos com um apelo essencialmente ao “número de exercícios aprendidos” deixam muito a desejar no quesito fundamentação técnica. Um bom profissional, sabe CONSTRUIR movimentos conscientes e não apenas passar exercícios diversos. O foco dos nossos cursos de Pilates está na visão didática e relacionada ao cotidiano do trabalho com Pilates.

 

Conclusão

Claro que estes são pontos simples de observação na hora de escolher um curso de Pilates. Além disso, conhecer o conteúdo programático e também o contato de outros alunos que realizaram o curso é importante. Veja abaixo o que nossos alunos disseram após concluir o curso:

Muito bom. Aulas teóricas e práticas completas, ótima dinâmica de aulas.

Liliana S.

Aprendi muito com o curso. Estou saindo completamente realizada e instigada a sempre estudar e treinar mais.

Elizabeth C.

Clique aqui e conheça o conteúdo de nosso curso de Pilates Solo (PMAT)

Clique aqui e conheça o conteúdo de nosso curso de Pilates em Aparelhos (PAP-I)

Para saber as datas das próximas turmas CLIQUE AQUI!

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *